30/10/2019

Furtos e roubos de bicicletas aumentam no Rio

RIO — Ainda que em número insignificante diante da grande quantidade de roubos e furtos de sua “irmã” popular, a mira de ladrões já começou a se voltar para as bicicletas elétricas. Em março de 2019, 202 bikes foram furtadas e 16 roubadas em todo o estado do Rio. Os números representam 34,6% e 100% de aumento, respectivamente, em comparação com os resultados do mesmo mês do ano passado, quando 150 foram furtadas e oito roubadas, segundo dados do levantamento de incidência criminal feito pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). O ISP começou a divulgar roubos e furtos de bicicletas em 2015, mas não faz distinção de elétricas e bikes normais. Na madrugada desta terça-feira, um homem foi vítima do roubo de sua bicicleta elétrica no Leblon. Depois de uma perseguição até Ipanema, um rapaz foi preso e o equipamento recuperado.

Na capital, o bairro que se destacou em número de casos de furtos de bicicletas foi exatamente o Leblon. Foram 15 furtos em março e 14 no mesmo mês do ano passado. O depósito de “magrelas” recuperadas da 14ª DP (Leblon) contém centenas ou mais de mil bicicletas normais e cinco elétricas, sem contar as que já foram devolvidas a seus donos.

O assalto mais recente aconteceu quando dois rapazes simularam estarem armados e renderam um ciclista com uma bicicleta elétrica Lev, avaliada em quase R$ 7 mil. Alertados sobre o roubo, policiais militares saíram em busca da dupla, que foi achada na Rua Prudente de Morais, na altura da Rua Farme de Amoedo, em Ipanema. Segundo um dos policiais, houve a impressão, durante a perseguição, de que um dos ladrões tivesse apontado uma arma para o carro da PM. Ele reagiu e disparou dois tiros na direção da barriga de um dos rapazes. Nenhum dos tiros acertou alguém.

Um dos criminosos fugiu e o outro, identificado como Vitor Hugo Lopes da Silva, de 18 anos, morador do Jacarezinho, foi preso e levado para a 12ª DP (Copacabana). A bicicleta também foi levada para lá. Porém, até a tarde desta terça-feira ninguém havia reclamado o equipamento. Naquela delegacia há outra bicicleta elétrica recuperada há cerca de dois meses e que ninguém apareceu para buscá-la.

Na 14ª DP, ainda se encontra no depósito aguardando seu dono a bicicleta elétrica recuperada pela polícia que foi cobiçada por um menor de 17 anos, apreendido por crimes análogos à falsificação de documento e falsidade ideológica. Em fevereiro deste ano, o menor foi até a delegacia com uma nota fiscal para tentar recuperar a bicicleta, apreendida com um traficante de drogas.

Ao delegado Antenor Lopes, ele explicou que não fizera o registro de ocorrência de furto porque havia perdido a nota fiscal e não acreditava inicialmente que poderia recuperar a bicicleta. Depois disse que mudou de ideia após reconhecer sua bike ao lado do traficante preso, num site do Segurança Presente. A demora para procurar a delegacia aconteceu porque precisou esperar até que a loje emitisse uma segunda via do documento de compra.

O garoto já estava com as mãos na “magrela” quando, desconfiado, o delegado perguntou detalhes sobre o local onde o furto acontecera. Em minutos, o esperto foi descoberto. saiu da condição de vítima para de suspeito. Para checar se o documento era legítimo, Antenor Lopes ligou para a loja. Foi quando descobriu que o adolescente não era cliente, mas filho do dono do estabelecimento e que surrupiara uma nota do talonário.

De acordo com dados do ISP, o bairro do Recreio dos Bandeirantes aparece em segundo lugar no ranking de regiões da capital mais visadas pelos ladrões de bicicletas. Foram 14 em março deste ano contra quatro no mesmo período do ano passado. Este ano, em terceiro lugar aparece o bairro de Botafogo com 12 furtos. No ano passado foram oito casos.

Fonte e foto: Extra

Ver todas as notícias

Quer contratar um seguro
para você ou para a sua empresa?

A gente resolve!

Faça agora a cotação do seguro que
você precisa e deixe que a gente te ajuda

ou

O Grupo Assurê utiliza os dados dos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência em nosso site. Esses cookies, bem como os dados dos formulários, tem como objetivo o uso interno para melhorar o desempenho do site e não serão, sobre hipótese alguma, divulgados publicamente. Acesse aqui a nossa política de privacidade.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close